LELO: as mulheres preferem o design

Júlia Telles: pela segunda vez, a melhor palestrante
10 de dezembro de 2018
Yaffa Lingerie: sucesso meteórico
10 de dezembro de 2018
Exibir tudo

LELO: as mulheres preferem o design

Marca sueca foi escolhida para Melhor Sextoy Feminino no Prêmio Melhores do Mercado Erótico e continua fascinando pelo design que se ajusta e estimula as mulheres sempre nos pontos mais certos.

Foi surpreendente a indicação de uma marca para representar uma categoria ligada a um produto. O efeito associativo da marca LELO foi tão grande, que as pessoas que a indicaram para a votação final, não quiseram identificar um único produto e sim a marca.

Talvez a LELO continue marcante na cabeça dos amantes de vibradores pela revolução que causou no mercado erótico quando apareceu: a proposta era a beleza unida com a funcionalidade.

Em uma era onde os vibradores em sua maioria eram realísticos, em formato de pênis, três designers reunidos em uma sala de estar de uma residência em Estocolmo decidem inventar algo totalmente novo. Vibradores que fossem desejados também pela sua aparência e que oferecessem alta tecnologia.

O ano era 2003, e o protótipo era o pequeno e despretensioso Lily que cabe na palma da mão.

Além disso, a marca conseguiu um trabalho também inédito em nosso segmento, implantando um conceito de produto.  É como diz o site da marca no Brasil “o que fazemos atualmente vai além do que criamos fisicamente. A LELO é guiada por uma curiosidade insaciável, um desejo de explorar e refinar o espaço onde a tecnologia digital e a sensação humana se cruzam. É isso que nos torna únicos, diferentes e unicamente diferentes”.

A LELO elevou os patamares de sextoys no mundo. Pode-se dizer que existe uma história do vibrador antes e depois da LELO.

Muitas marcas surgiram na esteira dessa que foi a pioneira nesse conceito e hoje temos cada vez mais investimentos na indústria de brinquedos adultos.

E as mulheres agradecem, porque hoje contam com o suporte desses produtos para descobrirem sua sexualidade com mais conforto, dignidade e estilo.Ter um LELO virou sinônimo de autoestima, de sexualidade bem resolvida e autonomia emocional.

O Prêmio de Melhor Sextoy do Mercado Erótico de 2018 soma a outros 36 maiores prêmios internacionais de design e da indústria conquistados pela LELO.

“O resultado deste compromisso com a inovação é ver que existem milhões de pessoas ao redor do mundo cujas vidas se tornaram um pouquinho mais ricas ao possuir um LELO. Por esse ser o real objetivo, é por isso que a LELO continua a existir e continua a florescer: a curiosidade que temos por novas sensações é a sua curiosidade também. Nós fazemos tudo o que pudermos para transformar seus desejos em realidade” diz o site brasileiro da marca.

Que venham novos modelos e inovações. A LELO mudou o mundo, mudou o mercado e mudou você. Mesmo que você ainda não tenha percebido. Ainda.